domingo, 27 de novembro de 2011

Planos de saúde para pets: em caso de emergência, você não vai à falência

Fonte: http://bitscaverna.com.br/cachorroblog/?p=2103
"



Notícia do R7
Eles oferecem serviços variados, como exames e cirurgias,
sem que você precise recorrer a um empréstimo

Há alguns meses, o professor de inglês Daniel Mario Bartolo Roman acordou assustado com Krishna, sua schnauzer de quatro anos. Às duas horas da manhã ela começou a chorar, tremer e a andar desesperadamente pela casa. Ele ligou para o plano de saúde do animal, descobriu onde havia uma clínica veterinária aberta àquela hora, e levou o bicinho.
- Ela teve um ataque de gravidez psicológica. Ela pensou que tivesse dado à luz e ficou histérica procurando os filhotes. Até leite ela tinha. Foi preciso dar remédios para que ela se acalmasse e secasse o leite.
A cachorrinha de Paula Caroline Blum também passou por apuros. Há dois meses, Xena, que é uma mistura de yorkshire com vira-lata, teve uma infecção no ouvido que a fazia chorar e coçar a orelha. Ela passou por um tratamento, mas como o problema não desaparecia, a veterinária pediu exames de laboratório. Para alívio da família, Xena também tinha plano de saúde.
- Ela precisou voltar à clínica umas quatro vezes, sem contar o preço do exame. Se não tivéssemos o plano, seria complicado para o nosso orçamento.
Os planos de saúde para animais estão se tornando uma opção interessante para quem se preocupa com o bem-estar de seus bichos de estimação. Mas, antes de optar por um, é importante prestar atenção a alguns detalhes, como explica Adriana Cristina Pereira, assistente de direção do Procon SP.
- O plano de saúde e a clínica precisam ter registros no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado. Nesse registro deve constar quem é o médico veterinário, o responsável técnico pelo estabelecimento. E esse documento tem de estar em local de fácil visualização para o consumidor.
Outro fator importante é se o plano tem rede credenciada com postos próximos de onde vive o animal. É importante verificar também se há carência, se o plano é limitado a um bicho ou se é possível fazer um pacote e incluir outros mascotes. O contrato deve ser lido com calma, na íntegra, e nele devem constar se o plano cobre urgências, transporte, internação, vacinas, condições de pagamento e de rescisão.
Entre os seguros disponíveis no mercado, há o Mister Saúde Animal, no qual os planos são divididos de acordo com a idade do bicho. Os valores variam de R$ 30 a R$ 84 por mês, e conta com uma ampla rede de clinicas. Dependendo do plano escolhido, é possível cobrir desde exames simples até cirurgias.
A Clínica Veterinária Med Dog também oferece um plano no qual o dono do animal paga quatro parcelas anuais de R$ 95. Esse valor dá direito a quatro consultas, exames clínicos e vacinação anual. Todos os procedimentos são feitos na clínica.
"