domingo, 18 de março de 2012

Abuso Sexual de Animais


Eu gostaria muito de tratar sobre este assunto aqui no Blog da Rebeca, mas não consigo, os textos são muito fortes e relatam situações de tortura de animais. 
A minha intenção não é chocar ninguém, até porque tudo que vai "ao ar" passa antes pelas minhas mãos. 
Todas as informações publicadas neste blog são cuidadosamente escolhidas e selecionadas por mim. 
O que eu quero com esta matéria não é impactar, é apenas proporcionar informação, pois até pouco tempo atrás eu sequer sabia da existência deste tipo de ato. 
O texto que eu retirei do site do Grupo de Proteção de Animais de Minas Gerais trata deste tema de uma forma "light". 
Acredito que as informações prestadas deveriam ser de conhecimento de todos, pois, apesar de a reportagem falar de abuso de animais na Itália, isto ocorre e muito no Brasil. 
Gostaria que a informação fosse difundida, pois estamos cada vez mais nos conscientizando sobre os maus tratos a animais. 
Todos temos percebido cada vez mais esse tipo de notícia nos meios de comunicação, e não é porque isso começou a surgir agora, sempre aconteceu, mas as pessoas estão entendendo que isto não é correto, que os animais também sentem dor. 
Parece ridículo para mim ter que escrever isto, pois sempre tive essa consciência.
Desde pequena aprendi com a minha mãe a amar os animais e a respeitá-los.
De qualquer forma fico muito feliz que o pensamento da sociedade em geral esteja mudando, e para melhor! 
Pode ficar tranquilo (a) que o texto a seguir não é forte!

"Itália lança número de telefone para denunciar abuso sexual de animais.
Por Natalia Cesana (da Redação) 


A Associação Italiana em Defesa dos Animais e do Meio Ambiente (Aidaa) lançou um número de telefone para denunciar os abusos sexuais cometidos por humanos em animais, segundo informou o jornal italiano Cronaca Milano. Essa prática, na verdade uma patologia chamada zoofilia erótica, é mais difundida do que se pensa.
“O fenômeno da zoofilia erótica é muito difundido, também nos ambientes de alta renda. Vale à pena recordar que são muitas as pessoas que sustentam que fazer sexo com o próprio animal seja lícito”, diz Lorenzo Croce, presidente da Aidaa. Todo ano, ao menos um italiano em mil está envolvido diretamente ou indiretamente em relações sexuais com a presença de animais. O mercado do sexo com animais, incluído aí a filmagem de vídeos, movimenta 50 milhões de euros ao ano só na Itália. Existem aproximadamente quatro mil anúncios em sites da internet de pessoas que procuram e oferecem sexo com animais, a pagamento. Além disso, são ao menos 15 mil sites pornográficos que oferecem filmes para download em que os personagens são os animais abusados sexualmente.
Como se não bastasse, esses filmes mostram também crianças sendo obrigadas a ter relações sexuais com os animais. As investigações não excluem a presença de um “circuito de viagens do sexo com animais” por vários países do Leste Europeu. “Acreditamos que a relação sexual feita com animais é uma prática abominável que esconde outras práticas graves como a pedofilia e a pornografia infanto-juvenil. Por isso decidimos lançar essa linha telefônica, que em breve será acompanhada de um grupo de expertos que vão analisar o fenômeno”, finaliza Croce. 
Além do número, a Aidda coloca à disposição ainda um serviço online."


Posteriormente trarei novas informações a este respeito. A minha pesquisa fica prejudicada apenas pelo meu estômago fraco.


Fonte: http://rabiscofino.com/petmg/index.php?option=com_content&view=article&id=157:italia-lanca-numero-de-telefone-para-denunciar-abuso-sexual-de-animais&catid=29:blog&Itemid=65