segunda-feira, 2 de abril de 2012

Como cuidar de filhotes encontrados

Vou escrever para filhotes encontrados sem a mãe. Com a mãe tudo fica mais fácil. Não se esqueça que a mãe dos filhotes pode ter apenas saído para procurar comida e pode voltar ao local para cuidar dos filhotes, e não encontrá-los mais se você os levar, então fique bem atento à situação! E prefira resgatar mãe e filhotes juntos!

Silvestre


 Tudo isso vale para gatos e cães, se você encontrar um animal silvestre, nem pense em ficar com ele! Procure o zoológico da sua cidade e eles te dirão o que fazer. 
Tem gente habilitada a cuidar do filhote muito melhor do que você.


Esse filhote até parece um pug preto, né, mas não é, é uma foquinha, rsrs.

Doméstico

O filhote:
*Perde o cordão umbilical por volta do terceiro dia de vida;
*Abre os olhos em 10 dias a 2 semanas;
*Ganha os primeiros dentinhos em 30 a 40 dias.

Alimentação

*1ª semana: é necessário alimentar o filhote a cada duas horas.
*2ª e 3ª semanas: a partir da segunda semana o alimento tem que ser fornecido de três em três horas.
*4ª semana: na quarta semana de quatro em quatro horas.

Crescimento
O crescimento dos caninos não é linear como o dos humanos: os peludos ficam adultos em um ano, e na primeira infância seu peso chega a aumentar 10% ao dia! Daí eles precisarem se alimentar muito bem, e com frequência, nas primeiras semanas de vida.

Teste de sucção
Quando o filhote for muito pequeno faça o teste de sucção colocando o seu dedo na boca dele, para ver se ele suga o dedo, tentando mamar, pois se isso não ocorrer, pode ser que o filhote esteja tão debilitado que não consiga se alimentar sozinho e tenha que receber alimentação intravenosa, neste caso leve-o ao veterinário.

Veterinário
Se preferir leve o filhote ao veterinário, mas só se você achar que tem algum problema com ele, pois lá ele vai entrar em contato com um ambiente em que cachorros doentes passaram e o sistema imunológico dele ainda não está preparado para isso. Se o veterinário puder vir a sua casa seria melhor. Aproveite para verificar se o filhote apresenta algum problema de pele ou fratura.

Para receber o filhote em casa

Providencie uma caminha que pode ser improvisada cortando uma caixa de papelão e forrando com uma toalha de banho que você não vai mais usar, seringa sem agulha para dar o alimento na boca do filhote como se fosse uma mamadeira e bastantes jornais velhos (para ser usado como banheiro).

Fique de olho!
Fique de olho em sintomas como desidratação, diarréia, vômitos, choro contínuo e pouco aumento de peso. Em caso de dúvida, procure o veterinário.

Banho
Banho só a partir dos dois meses de idade, quando o sistema imunológico do canino contra afecções de pele já estiver desenvolvido. Antes disso, limpe o bichinho com uma toalha ou pano embebido em soro fisiológico; para o ânus e genitais, algodão com água morna, e, para limpar os olhos, solução de ácido bórico.

Leite materno

Da mesma forma como para o ser humano, no começo da vida do cachorrinho o ideal é o leite materno.
Se você tiver uma cadela (não gosto muito dessa palavra)... se você tiver uma cachorrinha em casa, pode tentar aproximar ela dos cachorrinhos encontrados para ver se ela os adota. Tem cachorrinhas que não só adotam os filhotes como se fossem dela, aquecendo-os e limpando-os, como começam a produzir leite para amamentá-los. Caso isso não seja possível, prepare esta receita de leite para filhotes de cães e esta outra para filhotes de gatos. Nestes links também tem a forma correta de dar o leite e outras informações valiosas.
Também são encontrados no mercado pet leites especiais para essa finalidade, eu já falei do Pet Milk nesta postagem.

Falta de Leite
Dá pra desconfiar se a mãe está com falta de leite se os filhotes chorarem com frequência, neste caso é indicado amamentar com o leite substituto.

Papinha desmame

O processo do desmame ocorre na quarta semana de vida, quando os dentinhos dos filhotes começam a crescer e a mãe sente desconforto ao amamentar.
Existe no mercado uma papinha especial para os filhotes desmamarem, mas você também pode dar ração amolecida com água morna. Eu disse amolecida, não é pra encher de água, cachorro não toma sopa! Hahahaha.
Vá substituindo aos poucos, dando a papinha uma vez ao dia e a “mamadeira-seringa” (tá entre aspas porque fui eu que inventei essa palavra, rsrs). 
Atenção! Não dê ração seca batida no liquidificador, pois pode entrar no focinho e acabar sufocando os bichinhos.
Na quinta semana ele já poderá entrar na ração seca normal para filhotes, que tem grãos bem pequenos e é mais nutritiva, pois com cinco semanas o cachorrinho já está bem ativo.
Atenção denovo! Não dê mamadeira colocando-o de barriga para cima, pois o cão nasceu para se alimentar de barriga para baixo, de modo que o alimento não lhe invada os pulmões causando pneumonia ou até morte por asfixia.
No início, os filhotes entrarão no prato de comida e farão uma bagunça. Para ajudá-los a compreender que "aquilo" não é para se lambuzar e sim para comer, molhe o dedo na papa e deixe que o filhote cheire e lamba. Inicialmente ele pode rejeitar completamente, mas aos poucos irá se acostumar com o novo sabor. Aumente a frequência da papinha para duas, três e depois 4 vezes ao dia, até que a ninhada complete 45 dias de vida. Nos intervalos entre as papinhas, os filhotes deverão mamar com uma frequência cada vez menor.

Vermifugação
A passagem para a alimentação sólida irá coincidir com a primeira vermifugação

Vacinas
A primeira vacina é dada aos 45 dias de vida.

Caminha e local
O local em que você vai deixar a caminha deve ser ventilado, mas sem correntes de ar, pois os cachorrinhos pequenos precisam da mãe para se manter aquecidos.
Você pode usar um cobertor térmico, ou se não tiver pode usar uma bolsa de água quente, com temperatura de aproximadamente 30 graus na primeira semana de vida e 24 graus até a quinta semana. Cuidado para não ficar muito quente! Pelo amor de Deus! Se você não tiver um termômetro, lembre-se que a nossa temperatura corporal normal é de 36 graus, então quando você encostar na água ela deve estar fria.
Se você mora em um local muito seco lembre-se de umedecer o ar com um umedecedor ou toalhas molhadas no ambiente ou ainda uma bacia com água, mas dê preferência para o umedecedor ou as toalhas, pois bacia com água pode ser extremamente perigoso dentro de casa, se você tem animais ou crianças, o risco de afogamento é alto!

Afastamento
Os filhotes podem ser afastados da mãe, aos 45 dias de vida, nunca antes dos 40 dias e não pode ser todos de uma vez, pois ela pode ficar desesperada procurando os filhotes ou empedrar o leite criando uma mastite, que causa muita dor, febre, inflamação e perda de apetite.



Fonte: Yahoo por Ayrton Mugnaini Jr.e Silvia C. PArisi - WebAnimal