quarta-feira, 6 de junho de 2012

Quais cuidados devo ter com meu pet no frio?


Está frio! Os pugs tem pelagem curta, portanto sentem frio e precisam de proteção extra, quais cuidados eu devo ter para que o meu cão fique sempre saudável e feliz?
Abrigo - Se seu animal não tem uma casinha ou canil que fique protegido, você pode usar uma caixa de papelão na varanda ou abrigá-lo na área de serviço, banheiro ou fazer uma casinha de bacia, saco de dormir... Em todos os casos não se esqueça de isolar a friagem que vem do piso. Você pode usar camadas de papelão ou tapete grosso de algodão trançado ou carpete ou de borracha e depois colocar uma almofada ou cobertor para que fiquem quentinhos.

(Para ver como fazer a caminha com sua blusa velha clique aqui.)
Casinhas em contato direto com o chão você deve erguer colocando tijolos  ou um palet por baixo para não passar a umidade do solo (não esqueça de forrar com um cobertor ou jornal que seja...). Certifique-se que a abertura da casa não esteja voltada para uma corrente de ar.
SE PUDER ABRIGUE UM ANIMAL DE RUA.
Roupa - Se seu cão tem pelagem curta como os Fox Paulistinha,Boxer,Pincher etc, você pode fazer uso de roupas mas certifique –se de que sejam bem confortáveis, não estejam apertadas e que não provoquem alergias. (se perceber vermelhidão na pele ou coceira retire imediatamente)
Banho - reduza a quantidade de banhos. Caso se torne necessário certifique-se de que no local não tenha corrente de ar, a água esteja morna agradável, seja breve e seque-o com toalha e depois com o secador no morno mantendo-o com uma distancia segura da pele do animal e em movimento constante para não queimá-lo. Ao termino não permita que ele saia no frio ou pegue vento evitando assim um possível choque térmico ou pneumonia.
Higiene - Recolha sempre as fezes, lave as vasilhas de água e comida com sabão neutro diariamente. Lave cobertores roupinhas regularmente. Coloque mantas, travesseiros e caminhas no sol.
Obs: os animais podem ficar mais dorminhocos na época do frio, respeite principalmente os mais idosos. Não exagere em exercícios e dependendo da atividade do animal você pode reforçar um pouco sua refeição (consulte um vet)



GRUPOS DE RISCO - O frio abaixa a resistência do animal deixando-o mais suscetível a uma série de doenças.Idosos, filhotes,cardíacos, diabéticos,animais imune depressivos  e cães com doenças osteoarticulares,merecem atenção especial nessa época. Lembrando que nesses últimos o frio intensifica as dores e eles têm mais dificuldades de se locomover.
Outro grupo de risco são os que vivem em matilha nos canis, abrigos ou casas com grande população.Nesses deve-se ficar atento a vacinação pois é nessa época em que a gripe dos canis e a Cinomose “atacam” com toda força, e aglomerações ,descuidos com higiene e falta de vacina podem resultar em muitas vítimas. No caso dos gatis o cuidado tem que ser dobrado pelo risco da Rinotraqueite (Gripe Felina)
FIQUE ALERTA SE: os animais apresentarem espirros ocasionais, secreção nasal, prostração e febre. Eles podem também apresentar perda do apetite, diarréia, ocasionando emagrecimento e desidratação. Estranhando o comportamento de um animal ,isole-o imediatamente do grupo e procure um veterinário.


Fonte: Dicas Peludas (Denise Dechen)