quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Loca - A Pug que não consegue correr

Esse vídeo é muito legal, é uma musiquinha em que a Loca (sim, esse é o nome dela) fala sobre a sua vida.
Aí vai a letra traduzida para você acompanhar:

Bem, olá, meu nome é Loca
E eu sou um pug especial
Eu moro em Belfast - Irlanda
E minhas coisas favoritas são abraços
Eu amo comer "coxa de frango"
E meus amigos dizem que sou engraçado
Mas a única coisa que eu não consigo fazer
é que eu não consigo correr
Eu fico pulando, desengonçando, caindo toda hora
Rolando, girando, eu simplesmente não consigo fazer isso direito
Pulando, saltitando, tropeçando e fracassando
Eu simplesmente não consigo pegar o jeito disso por mais que eu tente
Eu tenho meu irmão Alfie
Um pugzinho como eu
Minha mãe diz que ele é um cão de colo
Porque ele nunca está fora de seus joelhos
Ele corre como uma bala
que foi disparada de uma arma
E ele fez o melhor que pode para me ensinar
Mas mesmo assim eu não consigo correr
Eu fico pulando, desengonçando, caindo toda hora
Rolando, girando, correndo eu sou um fracasso
Eu dei meu melhor, eu não descansei até correr uma milha em busca de resultado
Mas eu tento mais uma vez e ai eu não consigo mais parar
Eu tenho outra irmã Lucy
Ela é uma cadela tranquila
Eu amo me aconchegar nela
E ela se aconchega em mim
Ela é muito boa correndo
E ela não te faria mal nenhum
A não ser que você tente pegar o graveto dela
então ela arrancará seu braço
Eu fico pulando, desengonçando, caindo toda hora
Pulando, saltitando, correndo eu sou "um erro"
Parece injusto, deve ser raro, mas na verdade eu não ligo
Mas os outros prosseguem enquanto eu estou aqui preso no barro
Agora, minha irmã, Layla
Ela é uma pedigree
Ela ganhou uma aula de treinamento de filhotes
Em 2003
Mas ela corre pra caramba
Voa pra cima e pra baixo na colina
Se eu tentasse isso eu cairia que nem "um pastel"
Com certeza eu me mataria
Eu fico pulando, desengonçando, caindo toda hora
Rolando, girando, eu acho que vou simplesmente desistir
Isso não é pra mim, é fácil perceber, eu nunca serei um corredor
Então eu acho que eu vou simplesmente lidar com minha sorte e ser um cachorro que anda
Essa história tem uma moral:
"Eu ainda sou feliz
só porque eu não consigo correr
não há razão para chorar.
Eu amo minha família, eu amo minha casa
e eu amo minha família,
e o que deixa tudo bem:
minha família me ama".