domingo, 5 de janeiro de 2014

Sarna Demodécida X Rebeca Flor

IDENTIFICANDO A DOENÇA

Uma semana depois de a minha mãe ter me levado para casa apareceu uma bolinha no meu fuço, a minha mãe me levou em uma veterinária que achou que era alergia e me passou um colírio, pois a bolinha ficava bem próxima do olho.
Algum tempo depois as bolinhas se multiplicaram e meus pais me levaram no veterinário novamente, dessa vez em outro médico. 
O doutor disse que achava que o que eu tinha era sarna e que ele teria que fazer um exame de raspado para confirmar.
Tive sorte pois o médico tinha especialidade para fazer o exame ele mesmo, assim o exame custou na época (2010) vinte reais.
Se tivesse que levar para o laboratório teria custado o dobro do preço.
Esse exame foi repetido várias vezes durante o tratamento.

TRATAMENTO

O médico veterinário indicou um sabonetinho para eu tomar banho e um remédio chamado Mectimax, que custava cinquenta reais a caixa.
Durante o meu tratamento usei duas caixas.
É um comprimido muito forte, e eu estava em fase de crescimento, portanto tive que ajustar a dose a cada 15 dias.
Conforme o meu peso aumentava eu aumentava o tamanho do comprimido.
Minha mãe me lavava toda a semana (corpo todo) e lavava só a minha cabeça mais uma vez na semana, que era onde estava pior a infecção.

SOBRE A DOENÇA

A sarna demodécica é uma doença causada por um ácaro que vive embaixo da pele do cachorro, quando ele se reproduz muito rápido ocorre a doença.
Quando o ácaro morre é comum inflamar o folículo (a pele) e isso faz com que acumule pus no local.
O cachorro sente muita coceira e costuma coçar o lugar que está infeccionado, fazendo com que fique ainda pior o local, pois a unha fere a pele sensível e sangra.
No meu caso, a mamãe fez um sapatinho pra mim de pano, assim eu não podia me machucar.

TRANSMISSÃO

É passada de mãe para filho através da mamada.
Normalmente os veterinários recomendam que você não deixe o seu cachorro ter filhotes para não transmitir o ácaro para eles.
Ou recomendam que os filhotes não mamem na mãe, mas isso é caro e meio absurdo, pois nenhum outro leite tem os nutrientes necessários para os filhotes.
Você pode e talvez até deva deixar o seu cão se reproduzir, desde que informe para o futuro comprador dos filhotes que eles possuem a doença, preferencialmente por escrito, para não ter problemas judiciais.

COMO DENUNCIAR O CANIL QUE VENDEU O CÃO COM A SARNA DEMODÉCICA - FORMAS JUDICIAIS DE SOLUÇÃO (clique aqui)

PERGUNTA SOBRE SARNA DEMODÉCICA (clique aqui)

Dúvidas? Escreva para rebecaflorpug@gmail.com

Um cheiro!